Seguidores

Dados da transmissão

Web Rádio "Saudade Sertaneja"
Transmitindo em  
De Bauru, Estado de São Paulo, Brasil
Hoje ,   Horário de Brasília:
Música atual:

Rádio Clube da Viola de Bauru - para ouvir clique no play

O som da verdadeira Música Sertaneja

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

VC no Radar: patinador desce a Av. 23 de Maio a 80 km/h

Veja no flagrante enviado pelo telespectador Camargo Marques. Ele que contou que o homem atingiu uma velocidade de 80 km/h na Avenida 23 de Maio.

DOWNLOAD

Solidariedade: veja as imagens de um resgate impressionante no Paraná

Segunda-feira, 21/09/2009

Um acidente de trânsito por pouco não acabou em tragédia em Londrina, no Paraná. O resgate impressionante que você vai ver agora só foi possível graças a coragem de três brasileiros.

DOWNLOAD

Rio terá novas blitzes da Lei Seca na Semana Nacional de Trânsito

Página Publicada em: setembro, 21 de 2009 as 9:21 am. Na Categoria: Notícias

Pesquisa revela que o número de mortes por acidentes na cidade teve uma queda de quase 12%, mas em algumas áreas as estatísticas ainda preocupam. Oito regiões tiveram aumento de mortes no trânsito. Veja no RJTV

DOWNLOAD

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Estradas: 25% dos acidentes têm caminhões

05:49 - 17/09/2009

Jornal da Tarde

Um em cada quatro veículos envolvidos em acidentes de trânsito nas estradas federais do País, no ano passado, era caminhão. O porcentual é sete vezes maior que o da frota de veículos de carga que circula nas rodovias: um alerta para caminhoneiros e motoristas de carro que disputam espaço com esses gigantes das estradas. Só nas rodovias pedagiadas, o número de acidentes subiu 25% entre 2007 e 2008. De acordo com a Confederação Nacional dos Transportes (CNT), as rodovias federais registraram no ano passado 138 mil ocorrências de trânsito com um total de 239 mil veículos envolvidos - um quarto deles, caminhões. Segundo especialistas em segurança de trânsito, quando veículos de carga provocam ou são vítimas de acidentes, o número de óbitos é, em média, sete vezes maior do que em colisões graves envolvendo dois carros de passeio, quando costumam ser registradas duas mortes. A carga horária média de 17 horas por dia e o uso de drogas para suportá-la estão entre as principais causas de acidentes. O sono ao volante é responsável por 60% das tragédias envolvendo caminhões. “O cansaço também faz com que os motoristas se acostumem com a velocidade, provocando acidentes principalmente no acesso a cidades como São Paulo”, explica o engenheiro mecânico, Rubem Penteado, especialista em transporte de carga. Em julho, o presidente Lula vetou um projeto de lei que obrigava os motoristas de caminhão a descansar meia hora a cada quatro horas de direção. O projeto foi criticado por especialistas de segurança de trânsito por não estabelecer um limite para a carga horária da categoria. A Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) sugere no máximo seis horas por dia. Uma pesquisa da Universidade de São Paulo, divulgada na semana passada pelo Jornal da Tarde, identificou o uso acentuado de cocaína, além do conhecido rebite, para manter os caminhoneiros acordados por mais tempo. “O maior problema é que, quando o efeito passa, esses condutores sofrem um apagão e os acidentes são quase inevitáveis”, afirma o médico Dirceu Rodrigues Alves Júnior, da Abramet. Pesquisador da segurança e da saúde de motoristas profissionais, ele afirma que desde o ano passado, com o início da Lei Seca, o uso de drogas tem se disseminado ainda mais entre caminhoneiros. Com o risco de serem flagrados no bafômetro, eles substituíram a bebida alcoólica por substâncias como crack, cola e cocaína. “Eles sabem que isso não é possível fiscalizar. Não temos meios de detectar esse tipo de usuário”, diz o inspetor Márcio José Pontes, da Polícia Rodoviária Federal. Mas o perigo não está só nos próprios caminhoneiros. As estradas esburacadas e a condição dos veículos também contribuem com o índice de acidentes. Cerca de 80% da frota de 1,9 milhão de caminhões tem em média 21 anos de uso. “Carros velhos e sem manutenção em estradas com asfalto ruim são uma outra combinação fatal”, afirmou Penteado. O presidente do sindicato dos caminhoneiros, Norival de Almeida Silva, defende que as estatísticas são desfavoráveis para a categoria porque os veículos, embora representem uma parcela pequena da frota, passam mais tempo em circulação. “É uma junção de irregularidades, cometidas também por quem dirige carro.” CARROS X CAMINHÕES Motoristas de carro podem adotar algumas precauções para evitar acidentes com caminhões nas estradas:

  • Manter distância mínima de 50 metros, para que tenha tempo de se movimentar e tirar o veículo de uma possível colisão
  • Jamais ultrapassar quando perceber que o caminhoneiro está cochilando. O ideal é comunicar a autoridade de trânsito no posto policial mais próximo, para que o motorista seja fiscalizado.
  • Nunca tentar parar o caminhoneiro ou abordá-lo.
  • Sempre que ultrapassar, sinalizar com o farol alto e esperar que o caminhoneiro dê um sinal.
  • Não ultrapassar em curvas, porque as forças que atuam sobre o caminhão podem fazê-lo tombar
  • Manter distância do caminhão também para evitar que detritos do solo caiam no para-brisa do carro. Isso pode assustar o motorista.

Governo cria ranking dos carros mais poluentes

Você sabe o quanto o seu carro polui o ambiente? A maioria dos brasileiros desconhece esta informação, que não consta no manual do proprietário do veículo. Uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente pode começar a mudar este quadro. Os sites do órgão federal e do Ibama disponibilizam um ranking onde constam dados de nível de poluição de carros fabricados em 2008. É possível comparar marca, modelo e ano de alguns carros. Segundo o ministério, até novembro serão incorporados os dados para os veículos 2009.

Carro poluente

Ranking mede a poluição dos automóveis (Foto: TV Globo/Reprodução)

Lista abaixo mostra o ranking em ordem crescente do mais para o menos poluente segundo os critérios adotados pelo Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores – Proconve/Ibama. Confira:

VEJA A TABELA

Carro com bafômetro só liga se motorista estiver sóbrio

Aparelho desenvolvido no Japão será usado em caráter de teste.
Equipamento mede o teor alcoólico do motorista.

A montadora japonesa Toyota criou em parceria com a empresa Hino um dispositivo que mede o teor alcoólico do hálito do motorista e pode bloquear a partida do automóvel caso o limite tolerável seja ultrapassado.

O bafômetro transfere as informações para o computador de bordo do carro e impede que o motorista embriagado saia dirigindo. O aparelho será instalado em carros de empresas a partir desta terça-feira (1) em caráter de teste. Em maio deste ano, o governo anunciou uma medida tornando obrigatório a partir de 2010 que as empresas façam testes periódicos com seus motoristas.

carro com bafômetro 01

Aparelho vai medir o teor alcoólico do motorista (Foto: Toshifumi Kitamura/AFP)

Carro com bafômetro 02

O engenheiro Takeshi Sasuga testa o bafômetro desenvolvido pela Toyota (Foto: Toshifumi Kitamura/AFP)

O que fazer se tiver o veículo roubado

O primeiro procedimento a ser feito se você tiver o veículo roubado é fazer o registro (boletim de ocorrência) do roubo/furto. Este procedimento pode ser realizado pela Internet em alguns Estados.

Nunca tente recuperar o veículo sem a ajuda da polícia.

Atitudes que podem contribuir para a redução de roubo de veículos:

O cadastro de seu veículo roubado é TOTALMENTE GRATUITO, portanto não acredite e nem pague taxas a pessoas e/ou empresas que prometem localizá-lo de forma milagrosa; Compre peças somente em estabelecimentos legalizados, que forneçam nota fiscal e onde o preço seja compatível com o produto; Nunca compre um veículo sem antes certificar-se de sua procedência, e faça isso somente por meio de uma empresa especializada ou no Detran de sua região; Informe as autoridades todas as vezes que fatos ilegais chegarem ao seu conhecimento.

Como registrar furto e roubo de veículos pela Internet

Em alguns Estados brasileiros é possível registrar furto e roubo de veículos e placas pela Internet. Também é possível fazer online pesquisas no cadastro de veículos roubados, furtados e recuperados pela polícia.
Confira os sites que oferecem esses serviços:

Polícia Rodoviária Federal: Com o serviço ALERTA da Polícia Rodoviária Federal é possível registrar a ocorrência de furto do veículo. Saiba como.

Roubadosbr: Neste site é possível realizar consultas e postar anúncios sobre patrimônios roubados e até sobre pessoas desaparecidas. Em alguns casos é possível a realização de B.O on-line. Confira.

Todo o Brasil: no site Comercialização Nacional de Veículos Reintegrados é possível cadastrar e consultar veículos roubados e furtados em todo o país.
Acre: no site da Polícia Civil é possível registrar furtos de veículos.
Ceará: na delegacia eletrônica da Polícia Civil, é possível fazer boletim de ocorrência eletrônico para furto e extravio de placas de veículos.

Paraíba
: no site da Secretaria de Segurança Pública, há lista de veículos roubados/furtados e de veículos apreendidos.

Paraná: na página da Polícia Militar, é possível acompanhar os acidentes de trânsito sendo atendidos nas cidades e nas rodovias do Estado.

Pernambuco
: no site da Secretaria de Defesa Social, é possível consultar a lista de veículos roubados/furtados

Rio Grande do Sul
: no site da Brigada Militar, é possível cadastrar furtos/roubos de veículos.

Rio de Janeiro
: na Delegacia Virtual da Polícia Civil, é possível registrar denúncia de roubo ou furto de veículos.

São Paulo
: Furtos de veículos e placas podem ter boletim de ocorrência feito no site da Polícia Civil.

http://www.portaldotransito.com.br/asp/furtos/

Nenhuma escola abre curso para a CNH

Nenhuma escola pública ou particular de São Paulo aderiu até agora à Resolução 265 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Em vigor desde o ano passado, ela abria a possibilidade de os colégios instituírem o curso de formação teórica (um dos pré-requisitos para tirar a carteira nacional de habilitação, CNH) como atividade extracurricular. Um dos principais atrativos da medida era abreviar o tempo e até o custo de formação de condutores. Procurada na semana passada, a Assessoria de Imprensa do Denatran disse desconhecer o número exato de escolas que já aderiram à resolução, uma vez que cabe aos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans) receber e dar encaminhamento aos pedidos, além de fiscalizar o funcionamento dos cursos. A estimativa do órgão, porém, era de que cerca de 300 colégios em todo o País tivessem aderido, inclusive em São Paulo - o que acabou não se confirmando, segundo informações do Detran paulista. A carga horária mínima do curso deve ser de 90 horas-aula, distribuídas ao longo dos três anos do ensino médio ou nos últimos dois. Para lecionar, os professores precisam apresentar certificado de conclusão do curso de formação de Instrutor de Trânsito. Para especialistas ouvidos pelo Estado, essa exigência ajuda a explicar a baixa adesão das escolas. A formação de um instrutor não sai por menos de R$ 500. CONCLUSÃO: O certificado de conclusão do curso só pode ser expedido para os alunos com frequência igual ou superior a 75%. Para validar o diploma, a escola tem de encaminhá-lo ao órgão de trânsito que autorizou o curso - no caso de São Paulo, o Detran. Em caso de reprovação no curso extracurricular, o aluno pode recorrer a um Curso de Formação de Condutores (CFC) tradicional.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Como dirigir com segurança

Página Publicada em: setembro, 10 de 2009 as 10:33 am. Na Categoria: Notícias

Especialista do Portal do Trânsito fala sobre os cuidados que os motoristas devem ter no dia a dia e nas estradas. Veja no Bom Dia Paraná.

Portal do trânsito

Para ver o vídeo, clicar na imagem

Motoristas que se recusam a fazer teste do bafômetro escapam de punição

Página Publicada em: setembro, 14 de 2009 as 9:41 am. Na Categoria: Notícias

As estatísticas mostram que a Lei Seca reduziu o número de acidentes. Mas um estudo indica que a maioria dos motoristas processados depois de se recusaram a fazer o teste do bafômetro não é condenada. Veja a reportagem do Fantástico.

DOWNLOAD

Número de postes danificados caiu 16% depois da lei seca

Página Publicada em: setembro, 3 de 2009 as 11:50 am. Na Categoria: Notícias

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) tem economizado com a troca de postes danificados por motoristas desde que entrou em vigor a lei seca. Nos sete primeiros meses deste ano, a Copel registrou queda de 16% no número de postes atingidos por veículos em Curitiba, na comparação com o mesmo período de 2008. O excesso de velocidade e a embriagues ao volante são apontadas como as principais causas deste tipo de acidente.

Entre janeiro e julho, 228 postes foram danificados em acidentes de trânsito

Motoristas usam a internet para escapar de fiscalização

Página Publicada em: setembro, 5 de 2009 as 9:02 am. Na Categoria: Notícias

Páginas de relacionamento na internet informam motoristas onde há blitzes da lei seca no Rio de Janeiro. O objetivo é burlar a fiscalização para poderem dirigir após beber sem problemas. Veja a reportagem do Jornal da Globo.

DOWNLOAD

Acidentes aumentaram 50% neste feriadão de 7 de Setembro

Página Publicada em: setembro, 9 de 2009 as 9:58 am. Na Categoria: Notícias

A Polícia Rodoviária Federal registrou 65 acidentes, 22 a mais

que no último feriadão. No total, 49 pessoas ficaram feridas e três morreram. Veja no DFTV.

DOWNLOAD

Alexandre Garcia fala sobre o risco da mistura entre cigarro e direção

Página Publicada em: setembro, 3 de 2009 as 9:23 am. Na Categoria: Notícias

O comentarista lembra um conselho do avô e fala da importância de manter sempre as duas mãos no volante. Ele afirma que os braços não devem ser colocados para fora do automóvel. Veja no Bom Dia Brasil.

DOWNLOAD

sábado, 12 de setembro de 2009

Isso precisa mudar!

É incrível a maneira como as pessoas, principalmente os políticos e os jornalistas encaram e tratam os acidentes de trânsito no Brasil; quase sempre jogam a culpa no governo, nas rodovias, nas chuvas, menos no motorista.

Neste sábado, 12/09/2009, aqui em Águas de São Pedro, li no Jornal “A Tribuna” da Cidade de São Pedro, uma notícia sobre uma moção de apelo aprovada pela Câmara Municipal de Charqueada contra a decisão do Governo do Estado de proibir o tráfego de caminhões na SP 304, do Km 191 ao Km 196 em Águas de São Pedro. Segundo os vereadores daquela cidade, tal decisão foi a causadora de muitos acidentes que já resultou na morte de mais 30 pessoas, além de destruir as rodovias SP 191 e SP 308 que ligam Charqueada a São Pedro e à Piracicaba, respectivamente. Mais uma vez a culpa não é dos motoristas, é do Governo Estadual por ter aumentado o fluxo de veículos nas citadas rodovias.

Acidentes de trânsito com vítimas deveriam ser tratados e investigados como homicídio ou tentativa de homicídio. Quem desrespeita uma norma de trânsito e fere e/ou provoca a morte de alguém, deveria ser preso em flagrante, sem direito à fiança. É como sair pelas ruas, de arma em punho, atirando para qualquer lado, matar alguém com tiro da testa e depois dizer que não tinha intenção de fazer isso. A Justiça Brasileira manda para cadeia cidadãos que roubam porcarias, coisas irrisórias, e está deixando soltos os bandidos do volante. Verdadeiro absurdo! Algo está errado!

charqueda

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Imprudência pode ter causado explosão de carro no DF

Um homem morreu e outro ficou gravemente ferido. Segundo os bombeiros, o motorista estava fumando, quando pediu ao filho um produto para limpar o vidro. O carro pegou fogo e explodiu. Veja no Bom Dia Brasil.