Seguidores

Dados da transmissão

Web Rádio "Saudade Sertaneja"
Transmitindo em  
De Bauru, Estado de São Paulo, Brasil
Hoje ,   Horário de Brasília:
Música atual:

Rádio Clube da Viola de Bauru - para ouvir clique no play

O som da verdadeira Música Sertaneja

terça-feira, 23 de junho de 2009

Redução de morte no trânsito no Ceará

DIÁRIO DO NORDESTE - CE 21/06/2009 –

Ceará tem redução de 10% de mortes em 1 ano (com foto)

image004

O primeiro ano de vigência da Lei Seca foi comemorado, ontem, em uma operação conjunta de órgãos de saúde e de trânsito. Uma blitz – em frente à sede da Superintedência do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (PRF), na altura do Km 6 da Br 116, fiscalizou motoristas que passavam pelo local. Até o meio dia, foram realizados 187 testes do bafômetro e apenas um deu positivo, segundo o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará. Os números são pequenos diante do balanço dos resultados no ano.

“Esse é o reflexo de que, realmente, as pessoas estão dirigindo menos após beberem”, concluiu a diretora de planejamento do Detran, Lorena Moreira.

Ela também afirmou que o Estado reduziu em 10% o número de mortes decorrentes de acidentes de trânsito desde 20 de julho do ano passado. “Só temos o que comemorar. Fortaleza foi a terceira Capital brasileira que mais reduziu o número de internamentos e mortes, perdendo apenas para São Paulo e Rio de Janeiro. Comemoramos as cerca de 68 vidas que foram salvas por causa da lei”, disse a diretora.

O chefe de comunicação da PRF, o inspetor Darlan Antares, explica que, além de comemorar, a blitz tem o objetivo de mostrar para a sociedade que a fiscalização continua acontecendo. “Na realidade, o discurso do Governo é de endurecimento e intensificação da fiscalização. Tanto que à noite faremos blitz também no Interior do Estado”, enfatiza.

Darlan explicou que o lugar escolhido para acontecer a blitz não levou em conta apenas a facilidade operacional da ação. “Cerca de 46% dos acidentes de trânsito do Estado acontece nos primeiros dez quilômetros das BRs 116 e 222. Ou seja, estes são lugares críticos”.

Os motoristas abordados mostraram-se à favor das ações educativas e de fiscalização. O motoqueiro Robson da Silva Nogueira, 28 anos, defendeu a Lei Seca. “Acho muito importante o que está acontecendo aqui. Acho que com as blitze, diminuem os acidentes no trânsito”, afirmou. O motoqueiro garantiu que, quando bebe, não dirige, mas confessou que conhece algumas pessoas que já foram multadas por dirigirem alcoolizadas.

A costureira Cleomar Alves, 33 anos, também foi um dos motoristas parados pela blitz. Mesmo não aparentando ter bebido, ela foi convidada a fazer o teste do bafômetro. “É a primeira vez que eu vou fazer. Acho muito importante esses tipos de ações porque inibem os motoristas que bebam. Sinto-me mais segura no trânsito. A gente sabe que acidentes continuam, mas houve uma redução visível”, opina.

Lorena Moreira aponta também uma mudança comportamental a partir da Lei Seca. “Registramos, de um ano pra cá, um aumento no número de mulheres tirando suas CNHs, o que mostra que os homens que bebem estão agora colocando as mulheres para voltarem dirigindo. E são elas também a maioria dos condutores parados em blitz na madrugada”, explica a diretora de planejamento do Detran.

Para este ano, não será necessário a compra de nenhum bafômetro. “O número que temos é suficiente”, garante Lorena. A perspectiva - de acordo com ela - é que, a partir de agora, aconteça uma redução gradual nos números de notificações e de suspensões de carteiras de habilitação.

“O normal é diminuir os casos, uma vez que as pessoas tenham incorporado a lei no seu dia-a-dia. No começo, as pessoas não acreditavam muito que a lei seria fiscalizada de verdade. Agora, já se sabe e isso faz com que aconteça a mudança de comportamento”, aposta. Mesmo assim, ela garante que as blitze móveis do Detran se intensificarão de quinta-feira a domingo.

NÚMEROS NO ESTADO

8.001 condutores foram autuados e notificados por infringirem a Lei Seca só no primeiro ano de vigência

566 carteiras de motoristas foram suspensas,

650 agentes estão aptos a fiscalizar, sendo 350 do Detran e 300 da CPRV,

66 é o número de bafômetros existentes no Estado, o que permite disponibilizar, pelo menos um aparelho, em toda blitz realizada pelo Detran,

10% de redução no número de mortes por acidentes de trânsito foram registrados no Estado desde que a Lei Seca entrou em vigor, segundo o Detran, que corresponde a 68 vidas salvas,

3ª capital do País a diminuir o número de atendimentos de vítimas de trânsito pelo SUS foi Fortaleza, ficando atrás somente de São Paulo e Rio de Janeiro,

46% dos acidentes de trânsito acontecem nos primeiros 20 quilômetros das BRs 116 e 222.

JORNAL DE BRASÍLIA - DF 21/06/2009

Blitz educativa marca um ano da Lei Seca no Distrito Federal

Rodrigues Pozzebomimage007

Durante boa parte do dia, autoridades de trânsito abordaram os motoristas para passar informações sobre os efeitos do álcool no organismo e a gravidade dessa mistura (álcool e volante) que, na maioria das vezes, é fatal. Além das orientações, os motoristas receberam das autoridades de trânsito bafômetros descartáveis. Foram distribuídos cerca de 5 mil equipamentos para as ações de conscientização.

De acordo com o Detran, com a entrada em vigor da Lei Seca houve uma redução de 19% no número de acidentes com morte no trânsito do Distrito Federal neste ano, sendo preservadas sete vidas por mês. Ainda segundo o Detran, só nos fins de semana são autuados, em média, no DF, 80 motoristas por dirigir sob efeito de álcool. image008

Nenhum comentário:

Postar um comentário