Seguidores

Dados da transmissão

Web Rádio "Saudade Sertaneja"
Transmitindo em  
De Bauru, Estado de São Paulo, Brasil
Hoje ,   Horário de Brasília:
Música atual:

Rádio Clube da Viola de Bauru - para ouvir clique no play

O som da verdadeira Música Sertaneja

sábado, 11 de julho de 2009

Lei Seca: Pesquisa: 50% dos jovens no Rio e em São Paulo não dirigem após beber

O Globo Online – 09/07/09

RIO - Uma pesquisa inédita, encomendada pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (Sbot), mostra que o comportamento dos jovens do Rio e de São Paulo mudou após a entrada em vigor da Lei Seca, em 19 de junho de 2008. Metade dos 1.033 universitários entrevistados disse que, quando sai para se divertir, não mistura álcool e direção. Em 2007, esse percentual era de 36%. O estudo será apresentado durante o XXI Congresso Internacional de Ortopedia e Traumatologia, que acontece desta quinta-feira a sábado, no Hotel Intercontinental, no Rio.

Outra informação importante levantada pela pesquisa diz respeito à aprovação da Lei Seca. No Rio, 83,3% dos entrevistados disseram que estão de acordo com o regime de tolerância zero para os motoristas que bebem. Em São Paulo, o percentual sobe para 87%.

Em números absolutos, considerando os entrevistados nas duas cidades: entre os homens, 488 são a favor e 125 contra; entre as mulheres, são 384 a favor e apenas 36 contra. Além de aprovarem a lei, 53% apontaram a perda da carteira como a melhor opção para mudar o comportamento dos motoristas.

Operação Lei Seca passa a contar com o dobro de fiscais nas ruas

RIO - Ao completar um ano exato de criação, a Lei Seca, de 19 de junho de 2008, aperta o cerco aos motoristas imprudentes no Rio. O atual efetivo de 120 pessoas envolvidas nas operações de fiscalização dobrou. A partir de agora, 240 profissionais vão atuar nas blitzes, que continuarão a acontecer sem trégua na Região Metropolitana e na capital, garante a Secretaria estadual de Governo, que desde 19 de março deste ano coordena as ações de repressão. Desde então, 22.468 veículos foram abordados, 888 motoristas flagrados com índice de alcoolemia acima do permitido pela legislação e 2.660 carteiras de habilitação suspensas. A vigilância sem descanso já surte efeito: a secretaria comemora a redução de 36,2% no número de acidentes em maio , em relação ao mesmo mês de 2008.

Mesmo com o reforço de pessoal, o número de equipes permanecerá o mesmo: seis, com 20 pessoas cada uma. A diferença é que agora o dobro de profissionais envolvidos permitirá revezamento contínuo entre as equipes, já que as blitzes começam à noite e se estendem pela madrugada e há sempre parte da equipe de folga. Assim, as equipes não ficarão mais desfalcadas nem precisarão ser intercaladas em área alguma. Um total de 35 bafômetros fica à disposição das equipes.

- Que os motoristas saibam que não se trata de uma campanha temporária de trânsito, mas sim de um trabalho permanente de fiscalização, que se estenderá até o último dia de governo - diz o subsecretário de Governo, Carlos Alberto Lopes, que acompanha as operações com frequência.
ENVIADO POR:
Waldecir Antonio José da Cunha
Instrutor/SENAT/Bauru

Nenhum comentário:

Postar um comentário